+55 11 3079 1242 contato@goldenvisa.com.br

Preços das casas estão a subir em Portugal mas ainda são dos mais baixos da Europa

por | ago 29, 2016 | Blog |

Portugal é um dos países europeus onde é mais barato comprar casa. O preço médio da habitação no país ronda os 1.963 euros por m2, tendo subido cinco pontos no ranking desde 2013, ano que este valor se situava nos 1.741 euros por m2. Em causa estão dados que constam num estudo da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), que se baseia em dados do portal imobiliário Property Guide.

A liderar o ranking dos locais onde é mais caro comprar casa encontra-se o Mônaco, com um preço médio de 44.522 euros por m2. Seguem-se Reino Unido (25.572 euros por m2) e França (13.639 euros por m2), por esta ordem. Portugal encontra-se no 30º lugar da lista, num total de 38 países. De referir que estes números baseiam-se no preço por m2 de imóveis com cerca de 120 m2.

valor-casas

Segundo Luís Lima, presidente da APEMIP, o aumento do preço do m2 em Portugal para 1.963 euros “reflete o potencial e a credibilidade do mercado imobiliário” nacional. “Em termos comparativos com os restantes países, é natural que o preço médio seja inferior, uma vez que se adequa ao nível de vida e poder de compra dos cidadãos portugueses. No entanto, sabemos que a estabilidade do nosso imobiliário e o seu potencial de valorização, aliado ao preço por m2, continua a ser muito atrativo para captar para o investimento estrangeiro”, referiu em comunicado.

O responsável adiantou que do top cinco dos países que mais investimento estrangeiro conseguem captar (Reino Unido, França, Espanha, Itália e Portugal) “o único que valorizou, além de Portugal, foi o Reino Unido, situação que se deverá inverter devido ao Brexit, que afugentará o investimento estrangeiro para outros países europeus, entre os quais Portugal”. “Não só temos preços inferiores aos dos outros países, como registramos ainda um potencial de valorização”, concluiu.

Fonte: https://www.idealista.pt/

Newsletter?

Coloque seu nome e e-mail e receba as últimas notícias sobre Portugal.